Velhice e Solidão

É uma triste realidade, mas estes casos de Velhice e Solidão são muito comuns no Alentejo

Elaborado para a "Fábrica de Letras"

Posted by Rui | à(s) 21:27

9 curvas:

Olga disse...

Ficou linda a foto. Gostei da frase. Publica na fábrica, porque é uma realidade do nosso Alentejo, tem coisas magnificas outras nem tanto. Beijinhos.

Hellag disse...

o Alentejo é uma zona com muitos suicídios, sabia? Uma das razões está aqui bem espelhada...é bom este sossego para quem vive no reboliço, ou para quem tenha apoio familiar e amigos!

Rui disse...

É muito importante ter o apoio de familiares e"ou" amigos, nos bons e maus momentos, mas é certo que no nosso Alentejo essa falta é mais sentida ,levando muitas vezes aos tais suicídios, o que é muito triste.
Eu adoro o Alentejo :) e adoro ver um casalinho de velhotes em paz e na sua vida atarefada do campo :).
E a realidade é só uma, eles já foram jovens :) , e nós um dia também seremos velhotes :), e tomara a todos nós que lá cheguemos :):)
Fiquem bem :)
RS

Sandra Rocha disse...

Aqui está o retrato fiel da nossa população. Numa simples imagem diz-nos tudo.

Então nunca te oferecem vinho do porto nas viagens está mal ehehehe

Beijinhos.

Brown Eyes disse...

Infelizmente começam a ser muito comuns neste país que dizem pequenino e à beira mar plantado. Dá-se pouco valor a estas pessoas e pouca atenção. Perde-se assim o respeito por alguém que deu tudo o que tinha.

MZ disse...

Apesar de triste é muito bonita esta fotografia, o momento foi bem aproveitado... O "velho" só... rodeado por uma vegetação abandonada...

gostei muito!

Pedrasnuas disse...

É UMA REALIDADE MUITO DEPRIMENTE...ENFIM...

Helga disse...

Como alentejana que sou, tenho que reconhecer que são cada vez mais uma constante, imagens como essa, mas em alguns casos, e falo com conhecimento de causa, alguns destes velhos recusam-se a deixar os seus lares, recusam-se a deixar o lugar onde foram felizes e foram igualmente vendo tudo partir e eles foram ficando, entregues à solidão e ás recordações. Tirá-los dali é partir-lhes o resto do coração. Mas também há o reverso, infelizmente. Pessoas que simplesmente foram deixadas para trás, sem qualquer réstia de gratidão pelo tanto que um dia deram de si àqueles que os abandonam.

Excelente foto, apesar do aperto no peito que me causou.
Beijinho

Rui disse...

Concordo contigo, Helga. E de certeza que é uma "despedida" muito mais em "paz" sendo no cantinho deles , onde passaram grande parte das suas vidas.
Bjs.
RS

Enviar um comentário